Sem categoria

6 PERGUNTAS E REPOSTAS SOBRE CONTRATAR UM DETETIVE

Como contratar um detetive?

Confiar nas pessoas atualmente é um ato de coragem. Inclusive, boa parte do trabalho que realizamos é investigar a quebra de confiança realizada por terceiros. No entanto, isso não se aplica quando o assunto é contratar um profissional de investigação particular. Portanto, os detetives particulares precisam criar uma relação de confiança com o cliente, respondendo qualquer pergunta e mostrando profissionalismo, que será a base de todo o processo até a entrega do relatório final e a solução do caso.

Dessa forma, decidimos trazer as perguntas mais comuns que surgem quando alguém pensa em contratar um detetive. As respostas trazem a confiança e a credibilidade de profissionais que atuam há mais de 20 anos no mercado, solucionando casos com eficiência, profissionalismo e discrição. Portanto, confira abaixo as seis perguntas mais comuns na hora de contratar um detetive particular:

 

PERGUNTA: O que devo considerar na hora de contratar um detetive particular?

RESPOSTA: A experiência é sempre um ponto forte na hora de contratar um detetive. Quanto mais tempo de atuação profissional possuir no mercado, mais eficiente seu trabalho se torna. Além disso, é importante checar os métodos utilizados, a tecnologia envolvida nas investigações e todo o processo que leva até a resolução do caso. Dessa forma, evitam-se surpresas e tudo fica mais claro entre o cliente e o profissional.

 

PERGUNTA: Detetives particulares são policiais?

RESPOSTA: Não. Detetives particulares são profissionais civis com treinamento especializado voltado diretamente para a realização de serviços de investigação, nas suas mais diversas formas, como por exemplo:

  • Investigação familiar;
  • Espionagem;
  • Localização de pessoas;
  • Monitoramento pessoal;
  • Campanas (móvel e fixa);
  • Busca de dados e informações de pessoas;
  • Casos empresariais;
  • Pesquisas em cartórios;
  • Localização de veículos no DETRAN;
  • Acompanhamento de pessoas envolvidas com drogas.

 

É importante ter em mente que, sendo um profissional civil regularizado, o detetive particular não tem poderes de polícia nem pode atuar como tal, pois isso infringe a legislação brasileira.

 

PERGUNTA: Detetives podem divulgar as informações que eu fornecerei durante a contratação?

RESPOSTA: Não. Os elementos fornecidos pelo cliente para auxiliarem o detetive a solucionar ocaso são absolutamente sigilosos. Dito isso, vale lembrar que nem sempre o profissional possui um caráter ilibado, o que leva à ocorrência de desvios no exercício da profissão. Portanto, sempre que presenciar uma conduta inadequada, denuncie às autoridades para que sejam tomadas as devidas providências legais.

 

PERGUNTA: Detetives podem atuar em todo o território nacional?

RESPOSTA: Sim. Como os serviços de investigação muitas vezes pressupõem deslocamentos da pessoa que é investigada, algumas situações demandam que o detetive particular se desloque. As distâncias e formas de deslocamento são decididas pelo cliente no ato da contratação, assim como os custos desse processo. Portanto, é possível realizar atualmente uma investigação com eficiência e muita eficiência por meios digitais. Isso reduz os custos para o contratante e agiliza a solução do caso.

 

PERGUNTA: Como consigo obter as provas que comprovam a culpa da pessoa que estou investigando?

RESPOSTA: Todas as provas são documentadas ao longo do processo de investigação. Logo, os detetives precisam mostrar ao cliente tudo o que se passou durante o processo, para que hajam provas necessárias para a confrontação do investigado. Para isso, utilizam-se diversos meios, como fotografias, relatos e informações geradas através de rastreamento de dispositivos do investigado. Ao final do processo, o cliente recebe um relatório com todas essas provas, atestando o resultado do caso.

 

PERGUNTA: O que é considerado na hora do detetive cobrar o preço de seus serviços?

RESPOSTA: Os fatores que levam ao valor final de um contrato com detetive particular são inúmeros. Porém, existem alguns itens que facilitam na hora de chegar a uma cifra definitiva, sendo eles:

 

  • Quantas pessoas são necessárias para executar os trabalhos;
  • Tempo de investigação;
  • Quantidade de informações disponível no início do caso;
  • Grau de dificuldade para acessar dados sobre o investigado;
  • Quantidade de exigências solicitadas pelo cliente;
  • Complexidade das filmagens e provas que devem ser coletadas;
  • Nível de vida que o acompanhado vive;
  • Lugares onde costuma frequentar;
  • A profissão e se anda armado;
  • Se é possível realizar rastreamento remoto;
  • Os riscos envolvidos no caso.

 

Esses são alguns fatores que podem tornar uma investigação particular mais cara ou mais barata. Dessa forma, o correto é que, caso deseje contratar os serviços de um detetive, faça um primeiro contato. No caso da Agência 007, nossos profissionais estão disponíveis para consulta, portanto você só precisa apresentar todas as informações necessárias corretamente para que possamos fazer um orçamento base nas informações prestadas. Isso garante total eficiência e discrição para o seu caso.

 

Se você se interessou pela profissão e deseja realizar o Curso de Formação em uma instituição com mais de 20 anos de experiência em investigações conjugais e com atendimento personalizado, não hesite em nos contatar!

 

Em caso de dúvidas ou maiores informações entre em contato.

 

Acompanhe-nos nas Redes Sociais

Gitlog – http://www.gitlog.com.br/007detetives

Facebook –  http://facebook.com/007detetives

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *