Investigação Amorosa

Confiança pós traição: Como reconstruir a confiança depois de uma traição

Pós traição

A confiança pós traição, é uma jornada longa e tortuosa. Primeiro eis a dúvida, e depois da confirmação desta dúvida, existem dois caminhos a se seguir. Você pode terminar tudo, ou perdoar. Ambos caminhos muito complicados de se passar, uma vez em que terminar um casamento nunca é uma tarefa fácil, e perdoar uma traição também.

Após a turbulência, é de suma importância avaliar a situação, parar e pensar, pois só é possível reatar um casamento, uma vez em que ambos estão com os pés no mesmo barco. Pois se alguma das partes não quiser voltar com toda a força, só resultará em mais mágoa para o casal.

A reconstrução.

Portanto, para construir esta ponte novamente, terá que ser uma construção em conjunto, e sobretudo em equipe. Se você e seu marido, ou você e sua mulher estão prontos para esquecer os recentes acontecimentos, e querem seguir em frente. Comecem com uma conversa sincera e honesta, é importante que quem traiu trace uma linha do tempo, relembre todas as supostas vezes em que possa ter traído a confiança de seu parceiro.

Desta forma, o seu companheiro não terá nenhuma outra suspeita, uma vez em que a confiança está completamente fragilizada, é importante que o seu companheiro saiba de tudo o que se passa, e de tudo o que já se passou, para evitar eventuais chateações que possam vir a ocorrer no processo.

Termos e condições.

Feito isso, é importante que a pessoa que traiu, ouça seu parceiro(a), e compreenda todos os posicionamentos dela(e), e entenda que as exigências feitas nada mais são para que essa construção, venha a ser, sólida novamente. Portanto, compreenda ouça e sobretudo, questione somente sob tremendas contribuições.

A confiança se constrói, quando todas as partes da relação, possuem seu devido espaço, ou seja. Vigiar o celular do parceiro, vigiar as redes sociais, e estar sempre em cima, pode sufocar a pessoa, e tornar a relação ainda mais pesada, por isso, é importante que ambos estejam com os pés na mesma expectativa. Porque muitas vezes, será difícil segurar a desconfiança, mas lembre-se se resolveram deixar para lá e seguir em frente.

É importante confiar um no outro, e mostrar que confiam um no outro. Se o companheiro(a), que traiu, está seguindo as diretrizes estipuladas, como; “Chegar no horário”, “Conversar” dentre outras diretrizes que venha a ser colocada em questão, não há porque suspeitar. E aí entra a confiança novamente, que ao passo que é reconstruída, tem que ser exercitada todos os dias.

E aí? O que você faria?

Você perdoaria seu marido, ou sua mulher que te traiu? Como se daria essa prolongada construção desta ponte? Conte pra nós!

Detetive 007 – Serviços de detetive particular em São Paulo – SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *