Software para o caso de monitoramento de celular controlar filhos; pode-se remotamente bloquear determinados sites, recebimento e ligações de números indesejados.
Artigos,  Investigação Familiar

MOMO E O MONITORAMENTO DE SEUS FILHOS

As recentes notícias sobre MOMO e sua influência sobre as crianças, tentando induzi-las ao suicídio, deixou pais e familiares em pânico, e gerou questionamentos sobre a segurança do que é acessado por crianças e adolescentes nas Redes.

Antes de tudo é preciso esclarecer que MOMO trata-se de uma escultura, feita originalmente para uma exposição de arte, num museu que costuma expor obras ligadas a terror e situações sobrenaturais.

A peça foi criada por uma empresa Japonesa especializada em efeitos especiais, e exposta primeiramente no Japão, neste museu alternativo, situado em Ginza – distrito de Tóquio.

Por seu aspecto que mescla traços humanos com de pássaros, um olhar “esbugalhado”, e um sorriso irônico e assustador, a MOMO acabou atraindo muitos visitantes, e como é natural nos tempos atuais, também atraiu fotos e selfies que se espalharam pelas Redes Sociais.

A associação da escultura a um número de telefone que enviava mensagens aterrorizantes, e a posterior informação de que este número funcionava como um oráculo, que normalmente trazia más notícias e mau agouro, foi se espalhando, e a lenda urbana ganhando dimensões gigantescas.

O que na realidade o que ocorre é que ao ligar para este número a pessoa cria um “Bot” que faz associação de informações do número que ligou às suas Redes Sociais e acaba passando a impressão de saber tudo de sua vida, passando a chantagear a vítima, e  a ter acesso a dados confidenciais que podem levar a golpes mais elaborados e perdas incalculáveis.

MONITORAMENTO DE SEUS FILHOS PARA SEGURANÇA

A ideia de um jogo macabro, onde a pessoa, em geral criança ou adolescente, era levada a cumprir tarefas, com medo de sofrer represálias ou ter seus familiares atingidos, seus segredos descobertos, ou ser morto, aterrorizou pessoas, que na verdade, corriam o risco de ter seus dados roubados.

Nas últimas semanas, o boato que tomou forma foi o de que vídeos do Youtube e Redes Sociais, e também mensagens compartilhadas no WhatsApp, continham mensagens da MOMO, em alguns trechos, e que em alguns casos a personagem induzia as crianças ao suicídio, ensinando técnicas de suicídio, como cortar os pulsos por exemplo.

Todos estes fatos levam ao alerta de que é preciso ter cuidado com dados pessoais, e monitorar o que os filhos acessam na internet. Uma boa prática é usar os meios tecnológicos disponíveis para facilitar o controle do que é acessado.

Nós prestamos este e outros serviços, que ajudam pais a terem mais tranquilidade, mas nada substitui uma boa conversa e manter abertas as portas para o diálogo com seus filhos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *