Porque detetive e a tecnologia são aliados? Atualmente, a tecnologia vêm avançando de forma assombrosa, pois, cada dia nos deparamos com uma informação diferente‌, isso reflete em vários lugares, inclusive na profissão de um investigador.

Por isso, um detetive precisa estar atento as novas mudanças e adaptar seu trabalho com as novas ferramentas que o avanço da tecnologia têm a oferecer.

Onde investigadores usam a tecnologia?

Hoje em dia, em qualquer situação os detetives podem fazer uso da tecnologia, principalmente em casos de investigações virtuais, uma modalidade muito solicitada atualmente, devido ao crescente numero de mídias sociais que não param de aparecer.

Então, se‌ ‌você‌ foi‌ ‌lesada, ‌ ‌sofreu‌ ‌alguma‌ ‌injúria, ‌ ‌se‌ ‌está‌ ‌desconfiada‌ ‌das‌ ‌conversas‌ ‌do‌ seu‌ ‌parceiro‌‌ (a) ‌ ‌nas‌ ‌redes‌ ‌sociais, ‌ ‌se‌ ‌quer‌ ‌saber‌ ‌com‌ ‌quem‌ ‌seus‌ ‌filhos‌ ‌e‌ ‌familiares‌‌ se‌ ‌envolvem‌ ‌na‌ ‌internet, ‌ ‌está‌ ‌na‌ ‌hora‌ ‌de‌ ‌solicitar‌ ‌uma‌ ‌investigação‌ ‌virtual.

Como‌ ‌é‌ ‌uma‌ ‌investigação‌ ‌virtual? ‌‌

A investigação virtual começa no momento em que o detetive particular e o cliente firmam um acordo. Então, de forma sigilosa o detetive passa a investigar o suspeito e a reportar todos os seus passos para o cliente.

Além disso, esse tipo de investigação serve para identificar uma infinidade de coisas; traições, crimes de ódio, pedofilia, estelionatos, bullying, invasão por vírus, calunia, dentre outros.

Então, o detetive particular filtra as informações que levantou para entender como o investigado costuma se comportar na internet; observando todos os meios que ele usa para se conectar, suas redes sociais, e-mails, celulares, computadores, etc.

Como o detetive usa a tecnologia em uma investigação virtual?

O detetive particular utiliza recursos tecnológicos avançados para garantir o sucesso da investigação.

No entanto, para realizar essa investigação é fundamental que o detetive tenha muita cautela para não deixar rastros.Para que o investigado não perceba que está sendo rastreado e tenha a oportunidade de fugir.

Em casos onde há suspeita de traição por exemplo, uma das ferramentas usadas são softwares espiões, instalados no computador do investigado. Assim o detetive particular tem acesso a conversas particulares nas redes sociais e até mesmo em sites de encontros, como o Tinder, por exemplo.

Softwares de monitoramento de celular também auxiliam o detetive de investigação virtual, principalmente aqueles que analisam conversas trocadas pelo WhatsApp.

Apesar dos crimes se tornarem mais fáceis com o avanço da tecnologia, a resolução para eles também se tornou mais eficiente, pois, com as diversas ferramentas que existem disponíveis no mercado hoje em dia, um detetive particular consegue obter êxito em investigações virtuais.